O Início


O projeto "ANTES QUE SEJA TARDE" foi criado para participar do 2º Cine Ambiente, edital de incentivo a cultura realizado pelo MINISTÉRIO DA CULTURA, junto com a SECRETARIA DO AUDIOVISUAL e do MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Os projetos inscritos deveriam ser elaborados a partir da temática "Consumo sustentável e Biodiversidade". O edital foi lançado no dia 05/10/10 com o encerramento das inscrições em 26/11/2010.

LINKS PARA O EDITAL PUBLICADO:

E tudo começou na época do término do meu primeiro curta-metragem, o "BOMTEMPO", um dos 10 selecionados no 1º Cine Ambiente. Logo após a sua entrega, depois de longos meses de muito trabalho, me sentindo um vitorioso pelo dever cumprido e pela realização, ainda tive a felicidade de ser convidado para participar do lançamento dos filmes contemplados, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, inclusive com a presença do então Ministro da Cultura, Juca Ferreira. "Que orgulho!" E junto com esse convite, estavam anunciando o lançamento do 2º Cine Ambiente. "O segundo, JÁ?! ..." Aquele alivio inicial havia sido colocado de lado, perante o vislumbre da nova oportunidade. Mesmo depois do cansaço e suadeira de tanto trabalhar para entregar o primeiro filme, o novo edital não era uma chance para se deixar passar. Afinal de contas, 1 minuto de animação nem é tão complicado assim(...) e como animador empolgado é pior que cachorro com fome para esperar, aquele comichão logo virou um formigamento de idéias.... a viagem para o Rio estava marcada, e o caderno de esboços preparado para a nova jornada.

Confesso que resisti um pouco a realmente entrar de cabeça e preparar um novo projeto. Eu queria ficar alguns meses sem ter que olhar para uma mesa de luz, um furador de papel ou um pegbar. Mas a viagem ao Rio, o contato com os diretores e animadores dos outros projetos, e o reconhecimento do meu 1º filme, foram estímulos adicionais. E é claro que eu não poderia frustrar a expectativa da Coordenação de Editais da Sav e do Meio Ambiente, fazendo coro a massa de animadores que iriam se inscrever no novo edital - (...) servindo inclusive ao propósito de estimulo ao crescimento da política de apoio a Animação Brasileira(...) Além do que, enquanto eu aguardava dar o horário da apresentação no Rio, esperando em um quiosque na praia de Copacabana, curtindo uma cerveja e um tira-gosto, ter idéias fica muito mais fácil e interessante.

Então comecei a colocar a cabeça, o lápis e a borracha para funcionar. O primeiro passo foi fazer um levantamento sobre os temas. Em uma folha, listei em tópicos indicações sobre o assunto - havia feito anteriormente uma breve pesquisa - e fui moldando o meu ponto de vista:


..."diversidade da natureza viva"," variedade existente entre os organismos", "variedade de vida no planeta","pouca variedade"," defesa da biodiversidade"," utilização mais sustentável dos recursos da Terra","práticas mais responsáveis", "Consumo"," atividades sustentáveis", " consumo irresponsável","comida que acaba","falta de alimentos","Terra", "Planeta","homem", "culpado", "consciente" ...

E assim algumas idéias de situações com mais corpo foram surgindo, e eu as anotava em forma de escaleta. Entre essas idéias, algumas tiveram mais destaque, então eu tentei aprofundar no seu desenvolvimento, tentando visualizar melhor a narrativa, o ritmo, os personagens, as dificuldades e até sua complexidade de produção. Para isso, até um storyboard esquemático valia a pena ser feito. Cheguei a fechar duas idéias dessa forma, mas como eu ainda tinha tempo, eu continuei tentando buscar outras alternativas.

Foi lá no quiosque que surgiu o embrião da história escolhida, que chamou minha atenção pela simplicidade e potencial da idéia. Além disso, fiquei muito empolgado com o primeiro desdobramento da concepção dos personagens, pela possibilidade de estilização e originalidade (no segundo esboço já dava para ver o conceito do rei e a evolução da fábrica com a engrenagem ao lado).

Logo que voltei de viagem, fiz o desdobramento da proposta, e a produção do primeiro storyboard conceitual. Como a história estava muito interessante, e nesse ponto já parecia estar completa e bem elaborada, parti para a escrita do roteiro, para amarrar qualquer ponta que estivesse sobrando.

A idéia estava definida. Era boa. Bem adaptada a proposta do Edital, a duração de 1 minuto, e a um desenvolvimento descomplicado. O próximo passo era retrabalhar o storyboard, dar mais um passo na concepção visual do filme, e cumprir as outras exigências do Edital.

(Enquanto isso as outras idéias se dirigiam para a gaveta a espera de uma nova oportunidade)

5 comentários:

  1. Uhu!

    Muito bom Dubiela!
    É um grande incentivos a todos os aniamdores.

    ResponderExcluir
  2. Uhuuu!
    Valeu Simon!
    Espero que sirva sim de incentivo para que outros projetos saiam do papel. Conhecendo o caminho das pedras, só precisa ficar animado!
    abração.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal você disponibilizar todos esses "passos".
    Parabéns pelo trabalho!!!

    ResponderExcluir
  4. Excelente idéia e projeto Dubiela!

    ResponderExcluir